Newsletter
Notícias

Frente pela Sustentabilidade discute novos parques em SP

27/03/2015

O vereador Gilberto Natalini (PV), presidente da Frente Parlamentar pela Sustentabilidade, recebeu na tarde desta quinta feira, na Câmara Municipal de São Paulo, líderes dos movimentos pró-parques e outros movimentos sociais.
 
Segundo Natalini, este encontro teve como objetivo tornar público o conhecimento das áreas verdes da cidade que podem se perder pela falta de políticas públicas aplicadas. “O que eu tenho visto é que a população está cada vez mais consciente sobre a necessidade de preservação das áreas verdes em São Paulo.  As pessoas querem esses espaços, agora precisamos de mais efetividade da prefeitura”, disse o vereador.
 
Ativistas do Parque Augusta ressaltaram sobre o dinheiro que a Prefeitura já dispõe para a compra do parque. “Dinheiro tem. Falta agora o senhor prefeito dar posse à população que tem esse direito garantido”, afirmou Célia Marcondes – diretora jurídica da Samorcc – Sociedade dos amigos, moradores e empreendedores do bairro de Cerqueira César.
 
Para Wesley Rosa, da Rede Novos Parques, os movimentos precisam se unir a favor de uma só causa, a criação de parques. Wesley é um dos defensores da criação do Parque dos Búfalos, na zona sul de São Paulo.
 
“Lá é uma área preservada de fauna e flora, além das 13 nascentes de águas cristalinas. Não podemos deixar uma área de mais de 900 metros quadrados, quase do tamanho de um Ibirapuera, em uma região carente da cidade, ser transformada em 190 prédios construídos pela prefeitura”, afirmou Rosa.
 
A justiça suspendeu, em fevereiro deste ano, a construção de um condomínio residencial no terreno do Parque dos Búfalos, próximo a Represa Billings. A Prefeitura de São Paulo afirmou que vai recorrer da decisão e que atendeu as exigências ambientais para o inicio das obras.
 
Outros espaços verdes também estão sendo reivindicados na capital, é o caso do Parque Vila Ema, região da Vila Prudente, zona leste da cidade. Moradores participaram da reunião para pedir a área. Segundo líderes dos movimentos pró-parque, o terreno é da empresa Tecnisa e possui um Decreto de Utilidade Pública – DUP - que já está para vencer. O terreno fica localizado na Avenida Vila Ema, 1523.
 
Para Natalini, esses debates são importantíssimos para que a população traga o problema da sua região e discuta formas de resolvê-los. “Lutamos pela construção de uma São Paulo mais sustentável”, disse o vereador.
 
A próxima reunião da Frente Parlamentar pela Sustentabilidade da Câmara Municipal de São Paulo será dia 09 de abril, às 11h, no auditório Prestes Maia.

Assessoria de imprensa - vereador Gilberto Natalini (PV)