Newsletter
Notícias

Sicoob adota medidas para minimizar os efeitos do coronavírus

03/04/2020

Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a proliferação do coronavírus causador da doença Covid-19 atingiu o patamar de pandemia, o Sicoob tem implementado ações preventivas de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde, do Banco Central e demais órgãos oficiais.

Além de adiar a realização das Assembleias Gerais Ordinárias, as cooperativas do sistema reduziram o número de colaboradores nas agências ou interromperam completamente o atendimento, dependendo das orientações das autoridades locais. Visando amenizar os efeitos do cenário atual na rotina dos cooperados, os canais digitais (App Sicoob e Internet Banking) se mantém disponíveis para a realização de transações financeiras com segurança.

As agências que ainda estão prestando atendimento ao público têm reforçado as medidas de segurança: o número de pessoas dentro dos ambientes foi restrito e há orientação sobre a distância entre elas, a limpeza das estações de trabalho foi intensificada e há álcool gel disponível para que todos que entram nas cooperativas possam higienizar as mãos. É importante ficar atento, pois alguns pontos de atendimento estão atendendo em horários diferenciados.

Para oferecer suporte e atender às necessidades de seus cooperados, foram adotadas medidas estruturantes: o atendimento aos cooperados está sendo realizado de forma remota e o apoio aos que porventura possam ter dificuldades para operar os canais alternativos de atendimento também foi intensificado.

Foi prorrogada a validade dos cadastros e limites de crédito para pessoas jurídicas sem a necessidade de apresentação de documentos, enquanto durar as restrições de circulação de pessoas e funcionamento de estabelecimentos comerciais.

Além disso, foram prorrogadas também as parcelas vencíveis nos próximos 90 dias para as operações de crédito parceladas, exceto para linhas de crédito rotativo, cheque especial, consignado e crédito rural.

Uma linha de crédito especial foi disponibilizada, em parceria com o Sebrae e com a garantia das Sociedades Garantidoras de Crédito, para dar suporte financeiro para os cooperados que tiveram suas atividades afetadas.

O Sicoob reforça que as pessoas sempre foram a prioridade do sistema cooperativo e é por isso que, mesmo diante de um panorama de tantas incertezas e mudanças rápidas, as cooperativas continuam apostando na cooperação entre todos como forma de conter qualquer tipo de crise, e minimizar seus efeitos.

Assessoria de Imprensa