Newsletter
Notícias

Primeira cooperativa escolar de Porto Alegre inicia atividades

09/10/2019

Ensinar cedo os princípios do cooperativismo, desde a infância e a juventude, é o grande propósito das cooperativas escolares, onde alunos realizam atividades sociais, econômicas e culturais de forma voluntária. Juntos, eles aprendem sobre liderança, educação financeira, inclusão social e empreendedorismo social – ensinamentos que promovem a participação em atividades e negócios cooperativos em prol dos associados e auxiliam na redução de desigualdades. Com o objetivo de mostrar todos os benefícios da cooperação aos jovens, a escola Lumiar e a Sicredi União Metropolitana RS viabilizaram a criação da Lumix, primeira cooperativa escolar de Porto Alegre.

“A ideia surgiu a partir da vontade de arrecadar valores para auxiliar em uma viagem de intercâmbio. Sempre fui fã do modelo cooperativo e entrei em contato com o Sicredi, que me apresentou o programa de cooperativa escolar, o qual eu desconhecia. Foi o casamento perfeito, os alunos adoraram. O mais importante do modelo é demonstrar a eles que todos os talentos são necessários e cada um tem papel fundamental na estrutura”, conta Maria Soledad Gomez, diretora da escola e orientadora do projeto.

Para dar continuidade ao sonho da viagem internacional, a turma foi apresentada a duas propostas: criação de uma miniempresa ou de uma cooperativa. Os estudantes foram unânimes na escolha e corroboraram a visão da diretora. “A cooperativa nos ajuda a trabalhar em grupo e equipe e a nos comunicarmos melhor uns com os outros. Foi o modelo mais apropriado porque nosso objetivo é o trabalho em conjunto, em que ninguém se sinta superior ao colega”, explica a aluna Isadora Labrea, presidente da Lumix.

Nas cooperativas escolares, as competências de todos são aprimoradas alinhadas aos quatro pilares da educação para o século 21 definidos pela Unesco: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser. Por meio de cada um deles, as crianças e jovens reconhecem suas motivações e capacidades de aprendizagem; aplicam os conhecimentos, tanto na vida social quanto na produtiva; vivem em harmonia – conscientes de responsabilidades e direitos – e desenvolvem-se integralmente como sujeitos participativos na sociedade.

“Nós não temos que ensinar os jovens a competir, mas, sim, cooperar. Os alunos e a escola estão de parabéns por abraçar o projeto e pelo envolvimento demonstrado, afinal, é uma nova responsabilidade para todo o grupo. Desejamos que com a ajuda mútua, a cooperativa alcance seu objetivo”, complementa Alcides Brugnera, vice-presidente da Sicredi União Metropolitana RS.

Em assembleia, a cooperativa elegeu presidente, vice-presidente, diretores de marketing, bem-estar, cultura, tesouraria e divulgação, além de conselheiros fiscais – todos os cargos ocupados pelos alunos, que desenvolveram uma marca de camisetas e pretendem criar uma ecobag. A próxima etapa a ser cumprida é a criação de um site e uma plataforma e-commerce para comercialização dos produtos, que ajudará no objetivo de viabilizar o intercâmbio. A Lumix é a primeira cooperativa escolar a ser fundada dentre as quatro constituídas em 2019 com o apoio e orientação da Sicredi União Metropolitana RS.

Moglia Comunicação