Newsletter
Notícias

Unimed Litoral Sul debate sobre o Setembro Amarelo

11/09/2019

Em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio a Unimed Litoral Sul, através do Comitê de Responsabilidade Socioambiental promoveu um momento de reflexão através do monólogo “Quebra-Cabeça”, com a atriz Gabi Botelho,  que fala sobre depressão e suicídio, seguido de um bate papo com a psicóloga Sabrina Galarraga. O evento ocorreu nesta segunda-feira no auditório da Unimed e contou com a presença de cerca de 60 pessoas que por quase duas horas falaram sobre o tema.

A encenação mostrou todos os sintomas de um adolescente que passa pela doença, mas também destacou as oportunidades de ter o controle e consequentemente a cura. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a segunda maior causa de morte de pessoas com idades entre 15 e 19 anos no mundo.

A Gestora de Desenvolvimento Humano da Unimed, Ianaê Bastos, participou do evento e disse: “Temos conhecimento dos índices alarmantes de suicídio e sabemos da importância de abordarmos o assunto dentro da empresa e com a comunidade. O tema através da Cia Teatral Sobrinhos de Shakespeare foi tratado de uma maneira bem direta, falando de alguns sentimentos, das aflições de quem passa por isso e o quão desesperadora é essa situação. Quem participou, com certeza, foi tocado pelo tema e a pela importância de PEDIR e OFERECER ajuda nesses casos. Excelente evento!”, comenta.

“A palavra para descrever o evento é “enriquecedor” por que hoje enfrento essa situação com um familiar muito próximo então, aprender como ajudar e lidar com alguém que está passando por essa situação é muito importante  para entendermos a melhor forma de acolher e socorrer. Ouvir os testemunhos e desabafos daqueles que estão passando por isso também me sensibilizou ainda mais por que mostra a importância de sermos mais sensíveis e termos mais percepção as mudanças de comportamentos que levam a possíveis sinais de Depressão. Foi muito esclarecedor”, relata uma participante.

 Este monólogo foi apresentado no Projeto Teatro na Escola da Unimed,  em 2018 e, devido à grande procura e importância do tema está sendo estendido para a comunidade, mais uma vez. A Unimed Litoral Sul está trabalhando o tema, mediante orientação do Centro de Valorização da Vida, que firma ser necessário falar sobre isto.

Ocergs