Newsletter
Notícias

Bahia: Catadores recebem kits padronizados para atuação no Carnaval

24/02/2017

Os cerca de 600 catadores de resíduos secos - aqueles potencialmente recicláveis - credenciados na prefeitura receberam os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) nesta quinta-feira (23).

Foram beneficiados catadores das 15 cooperativas que estão atuando na coleta seletiva do Carnaval. Eles receberam protetores auriculares, luvas e botas , além de sacos de ráfia, big bags (sacolões de polipropileno resistente) e fardamento completo (bermuda, meião e camisa). “Esse apoio que recebemos vai além dos equipamentos e fardas. No caso das cooperativas que não têm transporte é a Prefeitura quem faz isso. E com isso nos sentimos mais respeitados, entende?”, explica o catador Manoel Bernardo dos Santos, diretor da Cooperativa Canore. Para o presidente da Limpurb, Kaio Moraes, o trabalho desses catadores na festa contempla várias dimensões. “Preserva o aterro, o meio ambiente, e é também uma ação pensada com o objetivo de atender a Política Nacional de Resíduos, que institui a coleta seletiva com a logística de inclusão social”, observa. Ele acredita que além dos 600 catadores das cooperativas cadastradas na Limpurb muitos catadores avulsos trabalhem no Carnaval, chegando a um total de 2 mil em todos os circuitos da festa.

Bahia Notícias