Newsletter

Informativos

 
A banda podre do cooperativismo brasileiro
 
Olá, como vai!?
 
Ando tão corrida que está me faltando tempo para escrever meus e-mails.
 
Mas, resolvi escrever esse aqui, pois não acho correto reter uma informação que julgo ser tão importante.
 
Antes de ser cooperativista também faço parte de um veículo de comunicação que é a Revista EASYCOOP, que possui o maior portal de notícias do cooperativismo do Brasil, sem bandeira partidária ou de entidade.
 
Bom vamos lá. Recebi recentemente duas correspondências, sendo uma em 29/03 e a outra em 17/04. Ambas mostram a safadeza realizada com o dinheiro do trabalhadores do cooperativismo, que eu já venho denunciando há muitos anos.
 
Os documentos recebidos estão no corpo deste e-mail.
 
A denúncia que eu recebi, informa que o presidente CLT da ONG paulistana criada pela ditadura militar em 1971 mora em apartamento de 300 metros e, a entidade do sistema S do cooperativismo, da qual é também presidente, banca o aluguel de 20 mil reais mês e ainda 7 funcionários domésticos.
 
A denúncia ainda aponta que eu dei uma informação errada, pois o tal presidente celetista ganha 100 mil reais por mês e contratou 3 superintendentes com registro em carteira de 50 mil reais cada. Possui ainda 4 assessores pessoais ganhando 25 mil reais cada.
 
A denúncia ainda relata que um desses superintendentes é fantasma e esse ano ainda não pisou lá para trabalhar.
 
A mesma denúncia ainda cita o lobista que ganha R$ 25 mil por mês, para ficar passeando na ALESP e na CÂMARA MUNICIPAL, criando uma imagem de santidade desta entidade, cujo salário dele é o sonho de qualquer brasileiro.
 
O documento revela ainda que o tal presidente contrata sua filha como estagiária de direito para ir lá meio período e recebe um salário de 4 mil reais, ou seja, mais que o salário de muitos advogados formados há vários anos. Lembrando que se fosse período integral o valor recebido pela tal estagiária filha dele seria a bagatela de 8 mil reais. Quem será que paga essa faculdade?
 
A denúncia trata também dos passeios bancados ao exterior com o dinheiro público que pode ser comprovado por um vídeo estilo aquele do ex-governador do Rio de Janeiro, o Sergio Cabral.
 
Interessante é que a denúncia fala ainda das licitações milionárias realizadas por eles, que são todas de cartas marcadas.
 
Bom vou aguardar o restante do material chegar para entregar a quem pode apurar os fatos.
 
Enquanto isso, os trabalhadores do cooperativismo que tabalham um mês todo e mal conseguem levar arroz e feijão para seus familiares é quem banca essa vergonhosa situação que acontece aqui em São Paulo.
 
O Brasil está mudando! Muitos figurões estão presos. Por isso, ainda tenho fé que essa balbúrdia  no cooperativismo vai acabar. 
 
Beijos,

 

 

     

 


Sandra Campos
Presidente

FETRABRAS – Federação Nacional dos Trabalhadores Cooperados
Editora Chefe - Portal e Revista EasyCOOP
Telefone: 11-3256-6009 ou 11-5093-5400
Celular: 11-7846-2836 TIM 948-137-799 WhatsApp
Endereço da sede da FETRABRAS/SINTRACESP
Alameda dos Jurupis, 1005 - CJ 114 - Moema
e-mail: sandra@sindicatodocooperado.org.br

____________________NOTÍCIAS____________________
Cidade Solidária elege sua primeira administração
  Na Câmara Municipal de Diadema, tomam posse prefeito, vice e vereadores da Cidade Escola João Ramalho de Economia Solidária
 
Unimed entrega carrinhos de bagagens para aeroporto
  Em 2016, aproximadamente 37 mil passageiros passaram pelo aeroporto.
 
Na 5ª queda seguida, juro básico vai a 11,25% ao ano, menor desde 2014
  Copom fez corte de 1 ponto na Selic, o maior em 8 anos, e confirmou previsão do mercado, mas levantamento aponta que juro real do país ainda está alto.
 
Intercooperação capacita integrados e promove o desenvolvimento local
  Escola avícola da Coagru é referência na capacitação de integrados
 
Alagoas: Pequenos produtores rurais criam cooperativa na Região Norte
  Com sede em Jundiá, cooperativa é formada por produtores de pimenta, coco, banana, macaxeira, peixe e outras culturas
 
Chega ao Senado projeto que impõe restrições à atuação de aplicativos como o Uber
  Começou a tramitar no Senado o projeto de lei que restringe a atividade das empresas de transporte por aplicativo de celular no Brasil.
 
Cooperativa exportadora de mel quer ampliar mercado interno por meio da Biofach América Latina
  Há 10 anos, quase todo o mel produzido por agricultores familiares da região de Simplício Mendes, a 400 km de Teresina (PI), vai para os Estados Unidos e para a Europa
 
Crescimento de 40% nas vendas com máquina de cartão
  Sicoob ES auxilia no impulsionamento dos negócios dos associados
 
Cooperativas de reciclagem participam de campanha de coleta de televisores em SP
  Os televisores analógicos, conhecidos com TV de tubo, já têm destino certo no estado de São Paulo. Quem não adaptou o conversor ou possui um televisor digital, não precisa se preocupar com o aparelho antigo nem se desfazer dele de qualquer forma e correr o risco de contaminar o meio ambiente.
 
Prefeito de Maceió entrega quatro toneladas de recicláveis à cooperativa
  Quatro toneladas de materiais recicláveis recolhidos durante o mutirão de limpeza na Praia da Avenida no último final de semana foram doadas pelo prefeito Rui Palmeira, pelo vice-prefeito Marcelo Palmeira e pelo superintendente de Limpeza Urbana, Davi Maia, à Cooperativa de Reciclagem de Alagoas (Cooprel), nesta quinta-feira (06).
 
Kátia Abreu cobra do BC mecanismos para fortalecer cooperativas de crédito
  Senadora afirmou que essas instituições podem oferecer crédito mais barato, mas estão "crescendo sozinhas"
 

 

 
      MENU DE ACESSO RÁPIDO
 
REVISTA
No cooperativismo, o resgate da dignidade
______________
ÚLTIMO INFORMATIVO 
De catadora a Deputada Estadual assim é a vida de Clélia Gomes
______________
GALERIA DE FOTOS
Pastoral dos Negros Evangélicos do Brasil vista FETRABRAS
______________
TV EASYCOOP
Entrevista com o secretário de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro
______________
ARTIGOS
Luís Augusto Schüler: O cooperativismo resiste à crise
______________
APP Easycoop
______________
GUIA DE BENEFÍCIOS
Veja o guia de benefícios dos associados