Newsletter
Artigos

Sustentabilidade dos Resíduos da Agricultura

Recorrentes reportagens, nacionais e internacionais, insistem em apresentar somente as mazelas da agricultura brasileira, colocando o setor como inimigo do meio ambiente. Apresento aqui exemplo de sustentabilidade do setor agrícola que transformou o Brasil em referência mundial na reciclagem de embalagens.

Nesse último dia 18, foi realizada a 15ª edição do Dia Nacional do Campo Limpo, instituído pela Lei 11.657/2008 e pudemos celebrar, mais uma vez, os ótimos resultados do Sistema Campo Limpo - o programa brasileiro de logística reversa de embalagens utilizadas de defensivos agrícolas.

A logística reversa foi implantada em 2002, por força da Lei 9974, que instituiu a responsabilidade compartilhada entre agricultores, canais de distribuição e cooperativas, indústria fabricante e poder público para destinação ambientalmente adequada das embalagens plásticas do setor de defensivos.

O Sistema Campo Limpo vem sendo ampliado pelo Inpev, (entidade gestora do Sistema), contando atualmente com mais de 100 unidades de recebimento, distribuídas em 22 estados. Segundo os dados apresentados pelo Instituto, 94% de todas as embalagens plásticas produzidas pelo setor são encaminhadas para reciclagem ou incineração.

Os números são impressionantes, porém necessário lembrar que, a situação era absolutamente diferente, com o uso negligente e imprudente dos defensivos agrícolas que expunha a risco de morte pessoas e animais, bem como afetava perigosamente o meio ambiente.

As embalagens, depois de esvaziadas eram simplesmente abandonadas em qualquer lugar. Muitas vezes reutilizadas para a alimentação animal, não sendo raro ver embalagem como recipiente de flores dentro de casa, usadas para o plantio de hortaliças e até transformadas em brinquedos para crianças.

Além disso, o resto do conteúdo das embalagens abandonadas era lavado pela chuva, contaminando mananciais ou curso de água, perto de onde, em geral, era preparada a calda para pulverização.

Como relator da Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS, sempre acreditei que podemos solucionar a questão dos resíduos no país. Assim, uma boa legislação, a Lei 9974/2002, que impôs a responsabilidade compartilhada; o envolvimento da sociedade - seria impossível alcançar esses números sem a efetiva participação dos produtores rurais-; e a vontade de fazer acontecer do setor implantaram uma logística que recicla quase todas as embalagens produzidas.

O exemplo do Sistema Campo Limpo deve ser referência para outros setores no Brasil, mostrando que é possível sim dar destinação ambientalmente adequada a embalagens.

Parabenizo o Inpev, os canais de distribuição e os agricultores pelo serviço que prestam ao povo brasileiro e contem comigo para aumentarmos ainda mais esses índices de reciclagem.

Sistema Campo Limpo, um exemplo do compromisso com a sustentabilidade que tem o nosso produtor rural, e a nossa produção agropecuária!  

Brasil da agricultura responsável e sustentável, um exemplo para o mundo.

Arnaldo Jardim

deputado federal (Cidadania SP).Coordenador da Frente pela Economia Verde. Vice-Presidente da Frente Agropecuária - FPA