Newsletter
Artigos

Cooperativismo: o protagonismo que melhora o mundo!

O cooperativismo está presente em minha vida desde a minha infância no interior do Rio Grande do Sul, quando meus pais vendiam a produção de leite e grãos para uma cooperativa local (COTRIMAIO) e, a partir disso, comprávamos basicamente tudo o que precisávamos nos supermercados e lojas agropecuárias da própria cooperativa.

Outra cooperativa marcante para mim naquela época foi a de eletrificação rural (CERTHIL), pois viabilizou, a partir de determinado momento, que tivéssemos energia elétrica em nossa propriedade, permitindo à nossa família tomar banho com chuveiro elétrico! Além disso, para mim, a energia elétrica permitiu acessar o mundo dos desenhos animados, onde assistia, por exemplo, os Smurfs pelas manhãs (apesar de ter descoberto que eles eram azuis somente após alguns anos quando adquirimos uma TV colorida).

Essas duas cooperativas foram relevantes para que eu compreendesse e reconhecesse, desde criança, a importância que o cooperativismo tinha na minha vida, da nossa família e de inúmeras famílias daquela região.

Possivelmente por conta disso tenha surgido o estímulo dos meus pais para que eu tentasse ingressar no cooperativismo de crédito e, felizmente, em novembro de 1993 iniciei minha trajetória profissional nesse “movimento do bem”.

Movimento, aliás, que é o modelo empresarial com perspectiva de maior crescimento do planeta, segundo o Relatório de Gestão 2018 do Sistema OCB, onde 1 em cada 7 pessoas no mundo é associada a uma cooperativa , totalizando 1,2 bilhão de pessoas.

As cooperativas estão presentes em 105 países, geram 250 milhões de empregos e se as 300 maiores fossem um país, formariam a 9ª. economia mundial! Incrível, não é mesmo?

No Brasil, temos 14,2 milhões de pessoas associadas que fazem parte e são gerados praticamente 400 mil empregos. Em torno de 35% da produção leiteira nacional passa por uma cooperativa. Temos 4 milhões de brasileiros com luz gerada por cooperativas de eletrificação rural, que estão presentes em 807 municípios. Somos também uma potência nas estradas e nas ruas, pois juntas, as cooperativas de transporte tem uma frota de 42 mil veículos, transportando 2 bilhões de passageiros e 330 milhões de toneladas de carga por ano.

 No ramo crédito, as cooperativas possuem mais de 5.800 pontos de atendimento (representam a maior rede de atendimento financeiro do país), sendo que em 620 municípios a cooperativa é a única instituição financeira presente.

Em outros ramos, a representatividade também é considerável, porém é por detrás dos números que reside o elemento principal: as PESSOAS!

As pessoas pelas quais você – protagonista do movimento cooperativo – levanta todas as manhãs a fim de construir para elas, uma comunidade melhor, um segmento melhor, um país melhor!

Pessoas que, a partir do jeito cooperativo de fazer negócios, alcançam uma condição de vida mais digna, com relações mais justas, respeitosas, leais e humanizadas, onde possam sonhar e alimentar a confiança num futuro melhor por meio da cooperação!

Vamos juntos, o mundo nos merece!

 

Marcos Vernei Schuster

Atua há mais de 23 anos no mercado financeiro, com experiência em áreas de negócios, controladoria, governança corporativa e Tecnologia da Informação. Dentre outros cargos, atuou como gestor de Startup participante do PRIME – Primeira Empresa Inovadora da FINEP. Atualmente é Diretor-Administrativo da TRANSPOCRED (Cooperativa que atua em SC e RS e integra o Sistema CECRED). É Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa e Certificado CPA-10 pela ANBIMA. Graduado em Ciências Contábeis, com pós-graduações em Finanças, Marketing e Gestão e Inteligência Competitiva.